MT: Lei sobre preço do leite deve dar segurança ao setor em Mato Grosso

MT: Lei sobre preço do leite deve dar segurança ao setor em Mato Grosso

Empresas de beneficiamento e comércio de laticínios deverão informar ao produtor de leite o valor pago pelo produto até o dia 25 de cada mês. É o que estabelece a Lei 12.669, de 2012, sancionada pela Presidência da República e publicada no Diário Oficial da União.
Com a medida, produtores vão saber com antecedência quais valores receberão pelo litro de leite entregue às empresas responsáveis pelo processamento. Em Mato Grosso, o presidente da Associação dos Produtores de Leite, Alessandro Casado, diz que a legislação trará segurança ao setor.
Segundo ele, antes da aprovação, o produtor só sabia o que seria pago pelo leite no dia do pagamento, que ocorria em média 45 dias após ser entregue o produto. Pelos cálculos da associação, no estado o valor médio recebido pelo produtor gira em torno de R$ 0,65 centavos. Em muitos casos, não cobre os custos de produção e impossibilita investimentos na cadeia.
Mato Grosso é o 10º produtor no ranking brasileiro com uma produção de aproximadamente 700 milhões de litros ao ano. Responde por 2% da produção nacional. Minas Gerais, o maior produtor de leite, produz acima de 8 bilhões de litros por ano.
Fonte: MT Agora adaptado pela Equipe Milknet