Queda nas vendas da Danone preocupa investidores e mercados

Queda nas vendas da Danone preocupa investidores e mercados 

A Danone está sob alerta. Os lucros da empresa estão a dececionar os investidores, sobretudo devido aos maus resultados das vendas no sul da Europa.
Na verdade, ao longo dos últimos anos, a empresa francesa tem feito um esforço de diversificação de mercados.
Em 1997, 78 por cento das vendas do maior grupo de produtos lácteos do mundo situava-se na Europa de leste. No final do ano passado, os números caíram 38 por cento, aumentando, por outro lado, em economias emergentes.
O bom desempenho nesses mercados parecia provar que tinha sido acertada a aposta da Danone na diversificação. Por isso é que a empresa praticamente não alterou os objetivos financeiros anunciados em fevereiro.
O gigante francês prevê um aumento de vendas de 5 a 10 por cento, e um cash flow na ordem dos 2 mil milhões de euros. No entanto, os investidores dizem-se desiludidos com a reduzida margem de lucro, que decresceu meio ponto percentual.
Isso acontece porque a procura no sul da Europa está a diminuir e os custos de produção estão a aumentar, abalando o desempenho da Danone.
A sua quota de mercado diminuiu, sobretudo em países chave como a Espanha, uma vez que os consumidores procuram marcas mais baratas. Daí que a empresa tenha decidido baixar os preços e introduzir novos produtos.
Mas são medidas que reduzem, efetivamente, os lucros. Seis por cento, foi quanto as ações caíram, esta terça-feira, na bolsa de Paris.
Fonte: Euronews adaptado pela Equipe Milknet